quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Atenção estudantes universitários!

A prefeitura de Bom Jardim informa que o cadastro para o Transporte Universitário para o 1° semestre de 2016 ocorrerá na Casa da Cultura, durante o horário de atendimento ao público – das 9h às 12h e das 13h30min às 16h30min.

Entre os dias 02 e 05 de fevereiro, para a Fase I:
RENOVAÇÃO da carteirinha para Universitários e Cursistas (cursos profissionalizantes)
          - Documentação: cópia de comprovante de matrícula para o 1° semestre 2016;
          - Grade de horários;
          - Carteirinha do semestre anterior ou 1 foto 3x4.

Entre 15 e 19 de fevereiro para a Fase II
Cadastro para NOVOS Universitários e Cursistas (cursos profissionalizantes)
          - Documentação: cópia de comprovante de matrícula para o 1° semestre de 2016;
          - Grade de horários;
          - Cópia de comprovante de residência;
          - Cópia de Identidade e CPF;
          - 2 fotos 3x4.
Entre 22 e 29 de fevereiro para a Fase III
          RENOVAÇÃO E NOVOS cadastros, de acordo com a disponibilidade de vagas (documentação descrita acima).

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Equipe da SME participa de reunião de atualização

Equipe multidisciplinar da SME-BJ participou de Formação PNAIC no início de dezembro. Foram abordados temas ligados a currículo e planejamento, além de aprendizagens diversas
Equipe da SME.
Momento da reunião.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Escola rural é entregue totalmente reformada

COMUNIDADE RURAL RECEBE ESCOLA DO CAMPO TOTALMENTE REFORMADA

Na tarde do dia 14 de novembro, o prefeito e  a secretária municipal de Educação realizaram a solenidade de entrega da reforma e ampliação da Escola Municipal São José à comunidade de Venda Azul.

Nas comunidades rurais em que se faz, realmente, necessário, com sua exclusiva vocação para o trabalho no campo, é que a ESCOLA DO CAMPO acontece, desde que seja possível organizar e manter o ensino, de acordo com as características peculiares à realidade rural, inclusive com a existência de classes multisseriadas (formato que garante a manutenção de tal atendimento, por contar com número reduzido de alunos), sem que haja prejuízo ao processo ensino-aprendizagem.

Aquela Unidade Escolar tem dado as maiores lições neste sentido, garantindo aos alunos que lá concluem o 5º Ano do Ensino Fundamental, os melhores resultados em termos de rendimento municipal no SAERJ (Sistema de Avaliação da Educação do Rio de Janeiro).

Assim se confirma o compromisso dessa administração com o ensino público de qualidade, também, na zona rural de nosso município, nos segmentos que são de sua exclusiva responsabilidade, quais sejam a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º Ano), já que, para os Anos Finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º Ano), tal oferta tem sido mantida pela Rede Estadual de Ensino. Essa última também tem garantido, junto a tais comunidades, o atendimento educacional até o Ensino Médio, com reconhecida qualidade e preferência.

Portão de entrada da Escola Municipal São José. Foto: SME.

Autoridades durante execução do Hino Nacional. Foto: SME.
Professora Micheline, secretária de Educação, durante sua fala na inauguração 
da reforma da Escola São José.  Foto: SME.

Visão lateral da escola durante cerimônia de inauguração da reforma. Foto: SME.
População presente à inauguração. Foto: SME.
O prefeito Paulo Barros discursando sobre a reestruturação do prédio
da Escola São José. Foto: SME.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Intervenção Precoce: Estimulação Cognitiva

Reunião preparatória para 2016 discutiu experiência de aprendizagem mediada.

Realizou-se na tarde de hoje (19/11/2015), no Auditório Marino Pinto (Casa da Cultura Mário Machado Nicoliello) uma reunião introdutória de projeto a ser instalado no próximo ano letivo. 

A apresentação inicial do projeto foi feita para representantes de Creche e Educação Infantil, que  também colaboraram com importantes informações sobre a temática discutida, colaborando para definição de estratégias que devem ser criadas para otimizar e viabilizar a aplicação prática do Projeto nas salas de aula.

Profissionais da Educação durante pausa na reunião para registro fotográfico.
Foto: Projeto Mídia Digital.
No início do ano letivo de 2016, Paula Erthal Leonardo e Inês Raquel Guzzo, integrantes da Equipe Multidisciplinar da Secretaria Municipal de Educação - SME-BJ darão início ao projeto intitulado (título provisório) de "Intervenção Precoce: Estimulação Cognitiva". 

O projeto objetiva capacitar e orientar os professores de creche e Educação Infantil para atuarem como mediadores, segundo os pressupostos da Experiência de Aprendizagem Mediada,  visando à otimização do potencial cognitivo das crianças. Tal atuação garantirá às crianças melhores condições de aprendizagem e, a longo prazo, auxiliará na redução na defasagem idade x série na Rede Municipal de Ensino de Bom Jardim. 

Para isso, a reunião teve como objetivo fazer uma apresentação inicial do projeto para os representantes de Creche e Educação Infantil, assim como receber deles importantes informações , o que nos auxilia quanto a que estratégias devem ser criadas para otimizar e viabilizar a aplicação prática do Projeto nas salas de aula.

Profissionais da Educação durante pausa na reunião para registro fotográfico.
Foto: Projeto Mídia Digital.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Psicopedagoga da SME dará palestra em universidade

 A Secretaria Municipal de Educação de Bom Jardim - SME-BJ estará representada na Semana de Psicologia da Universidade Estácio de Sá - Campus Nova Friburgo.

Dentro das comemorações dos 45 anos da instituição, está sendo realizado no auditório da universidade a "Semana de Psicologia", entre 26 e 30 de outubro de 2015.

A psicopedagoga Inez Raquel Zaniboni Guzzo é a profissional responsável por essa área de conhecimento dentro da equipe multidisciplinar da SME-BJ, e foi convidada a proferir uma palestra, junto com a professora Ana Paula Barcellos, acerca do tema "O trabalho do psicólogo com especialização em Psicopedagogia no serviço público".

Inez Raquel, que também trabalha em Nova Friburgo, descreverá seu trabalho junto às duas prefeituras, além de abordar definições da profissão, a forma de trabalhar, aspectos legais e a avaliação psicológica dos alunos, dentre outros detalhes relacionados ao trabalho do psicopedagogo no serviço público.

A palestra acontecerá entre 20h45min e 22h20min de hoje (27/10/2015), no auditório da universidade.

Tópicos específicos sobre seu trabalho na SME-BJ que serão desenvolvidos pela
psicopedagoga  em sua palestra.

Equipe da SME participa de reunião de Coordenadores Locais do PNAIC

Organizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ, no dia 27 de outubro aconteceu reunião regional de coordenadores locais do Pacto Nacional pela Educação na Idade Certa-PNAIC.


O cronograma da reunião foi o seguinte:

- 9h - Café coletivo;

- 9h30min - Atividade lúdica (O que você deseja para um professor?);
Equipe da SME-BJ na reunião.

- 10h - Abertura - Homenagem ao dia dos professores;

- 10h30min - Palestra: "Políticas e modelos de formação continuada: limites e possibilidades", com a Dra. Teresa Gonçalves - UFRJ;

- 12h - Almoço;

- 13h - Discussão da pauta:
          > Cronograma das formações;
          > Eventos:
               . Seminário Regional Sudeste;
               . Seminário Estadual;
               . Seminário Nacional em Brasília (vaga para representação);
          > Certificados dos Alfabetizadores - Carga horária;
          > "Eu apoio PNAIC".

Momento da palestra da Dra. Teresa Gonçalves, da UFRJ.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

15 DE OUTUBRO — DIA DO PROFESSOR

No dia 15 de outubro é comemorado o Dia do Professor, data em que se homenageia os responsáveis pelo desenvolvimento da educação e do conhecimento no país, abrangendo um escopo de profissionais que trabalham desde a educação infantil até o ensino superior universitário. Como todos sabemos, trata-se de uma das mais importantes profissões praticadas no mundo, afinal, sem ela, a transmissão de conhecimentos e a correta apreensão destes pelas pessoas seriam praticamente impossíveis.


A origem do dia do professor se deve ao fato de, em uma data de 15 de outubro, o Imperador D. Pedro I ter instituído um decreto que criou o Ensino Elementar no Brasil, em 1827, com a criação das escolas de primeiras letras em todos os vilarejos e cidades do país. Além disso, o decreto estabeleceu a regulamentação dos conteúdos a serem ministrados e as condições trabalhistas dos professores.

Tempos depois, mais precisamente no ano de 1947, o professor paulista Salomão Becker, em conjunto com três outros profissionais da área, teve a ideia de criar nessa data um dia de confraternização em homenagem aos professores e também em razão da necessidade de uma pausa no segundo semestre, até então muito sobrecarregado de aulas. Mais tarde, em 1963, a data foi oficializada pela lei Decreto Federal 52.682, que, em seu Art. 3º, diz que “para comemorar condignamente o dia do professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo delas participar os alunos e as famílias”.

No Brasil, para se tornar professor, é preciso ter um curso superior em uma área relacionada com o ensino, seja a Pedagogia, seja um curso na modalidade de licenciatura, onde se apreende os principais conceitos didáticos pedagógicos, além de se angariar as primeiras experiências em sala de aula.

Além disso, qualquer outro cidadão que tenha concluído o ensino superior com uma formação complementar posterior (pós-graduação lato sensu ou stricto senso) também pode ministrar aulas na universidade, com a recomendação de que o profissional faça uma especialização de docência em nível superior ou algum outro curso correspondente.

O grande problema com relação ao exercício do professorado é a desvalorização de sua profissão. Embora seja uma das competências mais admiradas pela sociedade, os profissionais da área sofrem com os baixos salários, as precárias condições de trabalho em alguns casos ou o trabalho excessivo em outros, além de outros fatores, como a indisciplina dos alunos e a superlotação das salas. Essa realidade reflete-se no baixo interesse dos estudantes em se tornarem professores, pois a minoria dos que prestam vestibular e Enem deseja ingressar em carreiras relacionadas com a licenciatura ou pedagogia.

Soma-se a esses fatores o peso que, muitas vezes, o professor carrega em educar os estudantes, haja vista que, não raro, as famílias transferem essa responsabilidade para a escola. Segundo o professor e filósofo Mario Sérgio Cortella, há uma diferença nem sempre muito nítida entre “educar” e “escolarizar”, sendo a primeira uma responsabilidade dos pais e da família e a segunda a função do professor e da escola.

Apesar de todas as dificuldades e percalços, a carreira de professor é bastante importante e oferece uma grande oportunidade para que as pessoas não só acumulem saberes, mas que também oportunizem a outras pessoas o desenvolvimento das diferentes formas de conhecimento. Vale lembrar que a função do professor não é a de transmitir informações, mas fazer com que o aluno consiga assimilar melhor as características e processos inerentes ao mundo em que vive.

Por Me. Rodolfo Alves Pena

PENA, Rodolfo F. Alves. "15 de Outubro — Dia do Professor"; Brasil Escola. Disponível em <http://www.brasilescola.com/datas-comemorativas/dia-do-professor.htm>. Acesso em 06 de outubro de 2015.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Ipê florido atraiu olhares e muitos registros fotográficos

Exuberante ipê ao lado do Posto de Saúde José Alberto Erthal chamou a atenção. 


Hoje as flores caíram quase todas. Novo espetáculo, na próxima primavera.

Solicite livros de graça no Itaú Criança

Acesse já https://www.itau.com.br/crianca/pratique e garanta a alegria da criançada! 

Bom Jardim elege novos membros para o Conselho Tutelar

Bom Jardim escolheu ontem no domingo (04/10/2015) seus cinco novos membros do Conselho Tutelar: Leandro Gripp, Gizele Machado, Pedro Grandini, Adriana Lopes e Graziela Emrick. Mais de 10% dos eleitores residentes em Bom Jardim votaram nas nove urnas dispostas pelo município. A apuração dos votos, conduzida pela presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, Ana Emerick, pela secretária municipal de Promoção e Assistência Social, e coordenada Tiago Siqueira, aconteceu no Bom Jardim Maravilha Clube, onde os candidatos e familiares também puderam acompanhar.

Numa disputa bastante acirrada, a quinta vaga foi decidida pelo primeiro critério de desempate – melhor desempenho na avaliação sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente – entre as concorrentes Graziela Emrick e Marcela Rimes, ambas com 216 votos, conquistando a vaga a candidata da localidade de Córrego de Santo Antônio, Graziela Emrick.

O Conselho Tutelar é o órgão encarregado pela sociedade para garantir o cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, estabelecido no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em atendimento aos casos em que crianças e adolescentes têm seus direitos violados e são vítimas de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

Número e nome do candidato                Total de Votos
01 - Leandro Gripp Erthal                             513
02 - Gizele Machado da Silva                       433
04 - Pedro Grandini                                       279
09 - Adriana Lopes da Silva                          234
05 - Graziela Mafort Emrick                         216
08 - Marcela Rimes                                       216
10 - Rosinéa Andrade Gomes                       181
03 - Willian Ferreira Gomes                         165
16 - Sônia Amancio                                      141
15 - Luzia Cristiane Freitas Pires                 128
13 - Valdinei Santana Guimarães                   83
06 - Mariana Rodrigues Terra Santos            80
17 - Rodrigo Correa                                       77